Macaulay Culkin também quer apagar Donald Trump de 'Esqueceram de Mim 2'

 

Lançado em 1992, "Esqueceram de Mim 2" conta com uma breve aparição de Trump indicando a direção do saguão do Plaza Hotel para Kevin McCallister, personagem interpretado por Culkin

Macaulay Culkin também quer apagar Donald Trump de 'Esqueceram de Mim 2'
Notícias ao Minuto Brasil

08:13 - 15/01/21 POR FOLHAPRESS

FAMA MACAULAY-CULKIN

BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - Depois de ser banido de praticamente todas as redes sociais, Donald Trump agora enfrenta um levante na internet para ser excluído do filme "Esqueceram de Mim 2", que ganhou apoio até mesmo do ator Macaulay Culkin, que interpreta o protagonista na história.

  

A reivindicação começou em tom de piada, após algumas pessoas dizerem que o próximo passo deveria ser remover digitalmente Trump das filmagens, considerando as expulsões em cascata do Facebook, do Instagram e do Twitter, após o presidente ter insuflado seus apoiadores a invadir o Capitólio, em Washington, na semana passada.

Leia Também: 'Fui muito criticada', afirma Kate Winslet, e relata sofrimento após lançamento de 'Titanic'

As brincadeiras ganharam vulto quando Culkin respondeu a uma publicação que pedia para o substituto de Trump ser o próprio Macaulay Culkin, aos 40 anos. Segundo o ator, a petição estava "aprovada".

Lançado em 1992, "Esqueceram de Mim 2" conta com uma breve aparição de Trump indicando a direção do saguão do Plaza Hotel para Kevin McCallister, personagem interpretado por Culkin.

Na época, Trump era o dono do hotel, um dos mais famosos de Nova York, e teria usado isso como argumento para forçar sua participação no filme, como contou o diretor Chris Columbus em entrevista ao site Insider.

Matthew A. Cherry, vencedor do Oscar por "Hair Love", aproveitou a onda de petições e também deixou a sua sugestão –um pouco mais ácida. Em sua rede social, ele pediu que Trump fosse trocado por Christopher Plummer, ator que fez o filme "Todo o Dinheiro do Mundo" no lugar de Kevin Spacey, envolvido em denúncias de abusos sexuais contra menores de idade.

No site Change.com, que serve de plataforma para abaixo-assinados, uma petição já atingiu sua meta de 500 apoiadores. O pedido é que Donald Trump seja substituído digitalmente pelo presidente eleito Joe Biden.